EN | PT

Volcafe integra plataforma do Consórcio Cerrado das Águas

 

Empresa internacional se une para o combate aos efeitos climáticos na Região do Cerrado Mineiro

Patrocínio-MG, junho de 2021. A trading internacional Volcafe, divisão de café da trading ED&F Man, juntou-se a demais empresas da cafeicultura para somar esforços na plataforma colaborativa do Consórcio Cerrado das Águas (CCA)  auxiliando cafeicultores da Região do Cerrado Mineiro a se tornarem mais resilientes às mudanças climáticas por meio de conservação de uma determinada bacia hidrográfica.

Com a adesão da trading, que aconteceu em maio, o CCA amplia seu número de membros associados fortalecendo seu propósito, bem como a oportunidade de fazer com que sua mensagem chegue a mais pessoas, entidades e organizações ao redor do mundo, devido à atuação das empresas envolvidas com a iniciativa, dentre elas: Nescafé, Expocaccer, Nespresso, Lavazza, Cooxupé, COFCO, bem como às instituições apoiadoras como Federação dos Cafeicultores do Cerrado, Daterra, CerVivo, Imaflora e IEB – Instituto Internacional de Educação do Brasil. 

Para Marcelo Pedroza, diretor comercial, a iniciativa e os objetivos do CCA estão alinhados ao que a Volcafé almeja e trabalha continuamente: produção sustentável que inclui cuidado com os recursos naturais e orientação sobre as melhores práticas agrícolas para alcance deste propósito. Pedroza ainda destaca o potencial produtivo da Região do Cerrado Mineiro e sua busca por iniciativas que garantam a produção com perenidade, cuidando de todos os elementos fundamentais para a continuidade da atividade.

Dinâmica agregadora e inclusiva

O grande diferencial do CCA é sua capacidade de estabelecer uma parceria que vai além de agregar os setores: empresas, comunidade e poder público, mas também de ser totalmente inclusiva, entendendo as necessidades dos cafeicultores e auxiliando-os a pensar e executar ações de acordo com suas possibilidades.

Com o PIPC – Programa de Investimento no Produtor Consciente, o CCA encontrou o caminho para oferecer serviços especializados para o desenvolvimento ambiental das propriedades da bacia do Córrego Feio em Patrocínio, projeto-piloto, em três frentes: restauração, práticas agrícolas climaticamente inteligentes e gestão eficiente dos recursos hídricos. Assim, aderindo a este Programa, o produtor recebe o PIP – Plano Individual de Propriedade, elaborado pela equipe técnica e especialista do CCA para cada produtor implementar as estratégias específicas de sua fazenda, alinhadas ao grande objetivo da plataforma que é resiliência climática da produção. 

Em fase de expansão, o CCA levará para outros municípios da Região do Cerrado Mineiro a sua metodologia, sendo Serra do Salitre o primeiro da lista, cuja expansão já está acontecendo. A equipe do CCA espera resultados positivos e semelhantes ao do projeto-piloto em que foram 319 visitas a produtores, 94 planos individuais de propriedade; implementação em 57 propriedades, restauração 100% orgânica e 96 hectares conservados.

Sobre o Consórcio Cerrado das Águas 

Criado em 2015, em Patrocínio – MG, o Consórcio Cerrado das Águas tem como objetivo conscientizar produtores da região sobre a importância de seus ativos ambientais por meio do diagnóstico e investimento nos mesmos, garantindo sua preservação a longo prazo.

A iniciativa possui como membros associados as seguintes empresas: Nescafé, Expocaccer, Nespresso, Lavazza, Cooxupé, COFCO, Volcafé além das instituições apoiadoras como Federação dos Cafeicultores do Cerrado, CerVivo, Imaflora e IEB – Instituto Internacional de Educação do Brasil.

Em 2019, o projeto piloto recebeu do Fundo de Parcerias para Ecossistemas Críticos (CEPF) o valor de US$400 mil para implementar o programa que irá promover, inicialmente, o investimento e a proteção dos ecossistemas naturais encontrados em mais de 100 propriedades ao longo da bacia do Córrego Feio. A quantia é o maior subsídio já concedido pelo CEPF, que conta com exigentes doadores como a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), União Europeia, Fundo Mundial para o Ambiente (GEF), Governo do Japão e Banco Mundial.

Saiba mais acessando http://cerradodasaguas.org.br