EN | PT

Consórcio Cerrado das Águas realiza segunda etapa do PIPC – Programa de Investimento no Produtor Consciente

Iniciativa leva conhecimento e informação ao produtor quanto às melhores práticas para conservação dos recursos
naturais e mitigação aos efeitos climáticos.

Patrocínio-MG, setembro de 2020. O Consórcio Cerrado das Águas (CCA) se prepara para realizar a segunda etapa do PIPC – Programa de Investimento no Produtor Consciente, entre os dias 11 a 16 de setembro. O objetivo da iniciativa é apresentar ao produtor da bacia do córrego Feio, o PIP – Plano Individual de Propriedade, e alinhar, com cada um, a melhor forma de implementar as estratégias propostas pela equipe de especialistas do CCA, de forma conjunta.

Em 2019 a oficina foi realizada em Patrocínio, no Centro de Excelência do Café (CEC), reunindo os produtores para receberem orientações sobre a restauração das áreas de vegetação nativa, práticas agropecuárias inteligentes e gestão efetiva dos recursos hídricos, baseado no PIP, elaborado individualmente para cada produtor, após as visitas às propriedades, no qual o produtor recebe orientações e direcionamentos específicos para
contribuir com os objetivos propostos em sua propriedade, contando com o acompanhamento da equipe de especialistas do Consórcio.

“O trabalho conjunto de todos os produtores da bacia é extremamente importante para o sucesso da iniciativa, ou seja, somente trabalhando juntos é que conseguiremos alcançar resiliência às variações que vem acontecendo no clima. A equipe do Consórcio faz as visitas às propriedades e avalia os riscos encontrados e, em seguida, o produtor recebe um plano de ação, bem como um investimento por parte do CCA para implementar as estratégias propostas. Uma iniciativa que faz com que o produtor seja o principal agente no processo de preservação e conservação dos recursos naturais, com o apoio do Consórcio e, consequentemente, das empresas envolvidas”, esclarece Fabiane Sebaio, secretária executiva do CCA.

Oficina PIPC 2020
Para este ano, a oficina foi projetada para atender, individualmente, os produtores e acontecerá, novamente, no CEC, em Patrocínio.

Os atendimentos serão realizados de acordo com as medidas de proteção e combate à Covid-19, e será realizado pela equipe especialista do CCA, devidamente treinada e orientada para seguir as normas de conduta protetiva neste tempo de pandemia, como informa Fabiane. “Estamos seguindo todas as recomendações para a segurança de todos, sendo importante destacar que a realização desta etapa de negociação do Programa de Investimento no Produtor Consciente – PIPC, se faz necessária para que nos antecipemos às entregas de insumos e preparo da terra para plantio da mudas, antes do período das chuvas que se aproxima, por isso, precisamos orientar os produtores sobre as melhores práticas, logo, sua participação se faz imprescindível nos dias de realização das oficinas”, informa.

O convite é para todos os produtores rurais da comunidade da bacia do córrego Feio que desejam gerir os recursos naturais de sua fazenda de forma inteligente e sustentável, integrando a plataforma colaborativa do Consórcio Cerrado das Águas.

 

Sobre o Consórcio Cerrado das Águas
Criado em 2014, em Patrocínio – MG, o Consórcio Cerrado das Águas tem como objetivo conscientizar produtores da região sobre a importância de seus ativos ambientais por meio do diagnóstico e investimento nos mesmos, garantindo sua preservação a longo prazo.

Em 2019, o projeto piloto recebeu do Fundo de Parcerias para Ecossistemas Críticos (CEPF) o valor de US$400 mil para implementar o programa que irá promover, inicialmente, o investimento e a proteção dos ecossistemas naturais encontrados em mais de 100 propriedades ao longo da bacia do Córrego Feio. A quantia é o maior subsídio já concedido pelo CEPF, que conta com exigentes doadores como a Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD), União Europeia, Fundo Mundial para o Ambiente (GEF), Governo do Japão e Banco Mundial.

 

Imagem: Produtores da bacia do córrego Feio e equipe do
Consórcio Cerrado das Águas no encerramento da primeira
etapa do PIPC – Programa de Investimento no Produtor Consciente.

Créditos imagem: Arquivo CCA